Pacheco defende que emendas parlamentares sejam destinadas a políticas sociais

Pacheco defende que emendas parlamentares sejam destinadas a políticas sociais

O deputado estadual Fernando Pacheco defendeu nesta quinta (10/10) que emendas parlamentares sejam destinadas a políticas sociais a fim de contribuir para incrementar o orçamento da pasta do Desenvolvimento Social (Sedese), um dos menores do Governo do Estado, e gerar melhores resultados.

“O orçamento é o grande ponto de enfrentamento do Governo de Minas atualmente. Diante da grave crise fiscal, nós devemos otimizar forças para resolução desse problema”, disse Pacheco.

No segundo ciclo de reuniões do Assembleia Fiscaliza, Fernando Pacheco participou da audiência de prestação de contas da Sedese, liderada por Elisabeth Jucá. A Secretaria de Desenvolvimento Social é responsável por diversas ações na área da assistência social, por exemplo, o incentivo ao esporte, o combate ao desemprego e prevenção ao uso de drogas. Mereceram destaque ainda as ações relacionadas aos direitos da mulher, das comunidades tradicionais, da população de rua e de imigrantes, entre outros segmentos sociais vulneráveis.

A proposta de Pacheco é que os recursos sejam melhores aplicados e distribuídos entre as prioridades do Estado. A Secretária Elisabeth Jucá demonstrou apoio à proposta, pois é necessário agregar recursos para atingir os objetivos. “Estou à disposição para conversamos sobre a questão de emendas, que é muito importante para nós”, disse Jucá.

Por fim, o parlamentar ressaltou que tanto o Poder Executivo quanto o Legislativo devem dar o exemplo no enfrentamento da crise, com qualidade e inteligência. “Podemos também fazer uma mobilização social junto a empresas, entidades, ONGs, faculdades, associações, e assim podemos criar uma confiança mútua em que cada um contribui com o que pode,” disse Pacheco.

Com informações da ALMG / Foto: Ricardo Barbosa/ALMG